8 escritores gauchos contam o que escreveram na pandemia
Carreira Literária

Escritores Gaúchos Contam o Que Escreveram na Pandemia

Neste artigo vamos falar dos escritores gaúchos que conseguiram apesar das dificuldades escrever em meio ao isolamento social.

É inegável que o ano de 2020 foi um desafio para muito de nós, cheio de incertezas e preocupações. Além disso, muitos escritores acabaram não encontrando disposição para escrever um livro novo, ou até mesmo finalizar aquele projeto literário engavetado.

Por outro lado, alguns escritores conseguiram tirar desse momento oportunidade para focar na escrita. Em seguida, vamos conhecer estes escritores gaúchos contemporâneos ou radicados no Rio Grande do Sul que usaram o isolamento para escrever.

Escritores Gaúchos Contemporâneos

Daniel Galera

escritores gauchos - daniel galera

Nosso primeiro autor gaúcho, Daniel Galera, disse que esteve escrevendo um conjunto de três novelas que tem pretensão de serem publicadas ainda em 2021. A notícia surgiu quando a Companhia das Letras soltou em um dos seus podcast, quais autores estão planejados para publicação neste ano.

Daniel disse que foi um desafio escrever em meio ao isolamento, mas aos poucos conseguiu recuperar o foco na escrita e tem duas das três novelas em suas primeiras versões finalizadas.

Uma passa no fim da semana das eleições de 2018, abordando a angústia de um casal que espera o primeiro filho e as incertezas no futuro do país. O segundo, é uma ficção especulativa que envolve como tema a inteligência artificial e questões ecológicas. Por último, ainda por escrever, será protagonizado por abelhas, segundo o autor.

Julia Dantas

Julia Dantas está entre minhas escritoras gaúchas prediletas, fico muito contente de saber que está finalizando um novo romance.

A autora disse que o romance acabou de ser parte integrante da sua tese de doutorado. Além disso, segundo a própria, sofreu com as restrições de movimentação, pois usa da caminhada para pensar melhor e formar seu processo criativo.

No livro, a protagonista é uma mulher que, depois de causar uma tragédia que viralizou na internet, se recolhe ao isolamento da sua própria casa, sendo a nossa quarentena base de estudo para a protagonista.

Rafael Guimaraens

Rafael conseguiu escrever boa parte do seu novo livro durante a pandemia. O livro, 1935 é seu primeiro envolvimento no romance policial, que passa em uma cidade animada com a Exposição do Centenário Farroupilha. Além disso, o repórter Paulo Koetz está envolvido em uma trama de mistério e paixão, podendo vir a ser protagonista de sua própria história.

Outros personagens são, Dyonélio Machado que sonha com a revolução, Apparício Cora de Almeida quem investiga a morte de Waldemar Ripoll e a francesa Juliette quer esquecer seu passado.

Verônica Stigger

escritores gaúchos veronica stigger

A Verônica trabalha em três projetos, estes que trabalham muito arquivos que a autora tinha reservado para depois. Ou seja, aquele livro engavetado que estava pedindo para ganhar vida.

Mesmo que em ritmo lento, conseguiu escrever dois livros de ficção e um terceiro que reúne textos sem gêneros definidos, um mistério ainda aos leitoras, segundo a autora.

Antônio Xerxenesky

Nosso último autor gaúcho, também pela Companhia das Letras, entregou um novo romance chamando, Uma Tristeza Infinita, que retrata um psiquiatra dos anos 50, lidando com pacientes traumatizadas por experiências com o regime fascista e aborda um certo medicamente novo que promete tratar este mal.

Pelo jeito este livro vai fazer um bom paralelo com nossa vida contemporânea, discutindo conflitos entre ciência e religião, humanismo e política.


E você escritor, conseguiu durante esse momento delicado escrever? Não esquente a cabeça se ficou com outros projetos ou cuidou de si e dos seus, está tudo bem e você não deve se cobrar por ter feito mais ou menos do que esperava.

Desde o ano passado, estou trazendo na página de concursos literários, diversos tipos de editais e premiações que você escritor pode se inscrever, então que tal tirar da gaveta aquela história e concorrer nos maios diversos estilos e tipos de concursos literários?

Escritor. Especialista em Busca Orgânica & Marketing. Leitor apaixonado por fantasia e ficção científica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.