algoritmos da amazon kindle KPD desmistificados
Marketing Para Escritores

Algoritmos da Amazon Desmistificados!

Hoje a Amazon é vista como um dos melhores meios para escritores independentes publicarem seus livros. Entretanto, para pode usufruir da simples divulgação e vender, você precisa entender os algoritmos da Amazon.

Tenho certeza que a palavra pode te parecer assustadora, mas calma, esses algoritmos não precisam ser intimidadores, na verdade você só precisa descobrir como funcionam na prática.

Em notas gerais, os algoritmos da Amazon servem para classificar livros dentro de categorias, ajudar no envio de recomendações por e-mail e indicações nas buscas.

A complexidade e tamanho da loja da Amazon exigem diversos algoritmos. Neste artigo, vamos desmistificar os algoritmos da empresa e revelar maneiras de aproveitar sua programação e promover nossos livros.

Fatores fundamentais dos algoritmos da Amazon

Antes de querer domar a máquina, é importante saber como ela funciona. Neste caso, a loja é movida em maximizar suas vendas, mostrando aos clientes produtos que tem maior probabilidade de aquisição.

De modo simples, para conquistar isso, os algoritmos da Amazon contam com dois fatores essenciais:

  1. Fatores relacionados ao desempenho das vendas;
  2. Fatores relacionados ao “ajuste do produto ao mercado”.

Os Fatores de desempenho das venda decidem se a Amazon recomendará seu livro em primeiro lugar nas listas, afinal, não tem como a empresa recomendar um livro se não estiver vendendo bem. Enquanto os fatores de mercado, decidem como a Amazon poderá recomendar seu livro para novos leitores.

Ambos são extremamente relevantes e juntos permitem que suas novas vendas se tornem mais assertivas ao longo do tempo.

Fatores de desempenho das vendas

Padrão de histórico das vendas

Nem preciso dizer que o algoritmo dará preferência aos títulos que mantêm vendas constantes, ao invés de picos altos e quedas bruscas. Se suas vendas diárias crescem em um único dia, seguido de picos de volta ao normal, a Amazon vai presumir que foi uma anomalia dos algoritmos e desconsidera como vantagem.

Sim, as promoções de livros gratuitos por um dia mesmo que essenciais, fazem a quebra do fluxo de vendas, o que para uma estratégia a curto prazo é primordial, mas ao longo prazo não terá tantos ganhos se você não trabalhar os outros algoritmos.

O modo como você faz marketing digital independente terá impactos sobre suas vendas. O segredo está em evitar grandes picos que caem rapidamente, espalhando promoções em diferentes redes, promovendo por mais dias e comunicando para diferentes públicos.

Você pode ter picos de vendas altos e baixos normalmente, o que de fato impacta sua ação ao algoritmo é ter um ou dois dias de vendas extremamente anormais e após isso voltar a normalidade. A curva de vendas deve ser uma onda e não um espinho.

Conversão na página

Esse item é bem comum em marketing digital, pois não é apenas as vendas que foram geradas, mas quantas destas você está recebendo em proporção ao número de visitas que a página do livro obteve.

Matematicamente falando, se você tem 250 visitas na sua página e vende ao todo 35 livros, sua taxa de conversão de vendas é de 14%. Entretanto, se obteve 2500 visualizações e o mesmo número de vendas, sua conversão é de 1,4%. Logo, se sua página está gerando vendas o algoritmo favorece isso baseado nesse potencial.

É uma conta para ilustrar, você pode ter 1,4% de vendas e mesmo assim ser um número incrível. Em lojas de varejo como a Amazon é comum as vendas girarem em torno de 1%, ou seja, você estaria acima da média.

Para converter bem, tudo começa com a produção de um ótimo livro e sabendo como comercializá-lo na internet. Para otimizar o desempenho em vendas, estão abaixo alguns pontos para se considerar:

  • Uma boa capa. Chame a atenção do leitor com uma capa profissional, que o faça querer se interessar pela história.
  • Uma sinopse irresistível. Atraia seus leitores para descobrir mais sobre o enredo e instigue para cliquem em comprar.
  • Comentários positivos. Boas resenhas promovem naturalmente novos leitores. Quando foi a última vez que você comprou algo sem avaliações?

Fatores de ajuste de mercado

Com os fatores anteriores os algoritmos ficam mais assertivos e, com o tempo, saberão para quem vender seu livro – mas estes algoritmos precisam de um mãozinha para começar a compreender o que seu livro é. Em suma, para isso que servem as palavras-chave, categorias e metatags da página.

Palavras-chave

Quando um usuário precisa pesquisar qualquer coisa na Amazon (“Fantasia Urbana”, por exemplo), o resultado será uma lista de títulos associados a essa busca – que deve deve ser de livros com elementos sobrenaturais em ambiente urbano.

Exemplo de busca por fantasia urbana

Observe que minha busca por Fantasia Urbana de cara recomendou o livro Deuses Americanos, logo um resultado de fato coerente com minha intenção de busca.

Quando fizer seu envio de livro pelo KDP, você terá a opção de listar sete palavras-chaves (de até 50 caracteres). Além disso, ao escolher seus termos, use cada um com bastante atenção e cuidado, pois você precisa alcançar leitores que estão fazendo pesquisas usando palavras específicas ou quaisquer frases relacionados (os algoritmos são inteligentes para interpretar a intenção de busca).

Foque em termos bem relacionados ao seu livro, avaliando todas as possibilidades reais de buscas que possam ser relacionadas ao mesmo de verdade.

Categorias

A Amazon para tornar sua seleção de livros um pouco mais prática para navegação, dividi os mesmos em categorias e gêneros literários. As categorias são alinhadas em termos e especificações, começando com subcategorias de nível mais profundo e subindo até categorias maiores. Por exemplo, Noir é uma subcategoria de Policial, Suspense e Mistério.

Ao publicar no Kindle Direct Publishing, você é capaz de incluir seu livro em até sete categorias. Sob o mesmo ponto de vista das palavras-chave, as escolhas das categorias são cruciais se você quer que seu livro seja encontrado.

Avalie que se você colocar seu livro em uma categoria que não corresponda com a proposta do seu livro, terá dificuldades reais de conquistar não apenas leitores que naveguem pela categoria, mas também como sua classificação vai desempenhar muito mal.

Metatags na página 

As metatags, ou metadados como também são conhecidas, são informações na página do seu livro que vão te ajudar a atrair mais leitores e informar aos algoritmos da Amazon como classificá-lo com precisão.

Títulos

Encontrar um título adequado ao seu livro já é um meio de obter interesse, ao mesmo tempo saber como trabalhar com isso pode dar ao algoritmo algum apoio ao seu favor.

Muitos autores publicam na Amazon e escondem palavra-chave em seus títulos, subtítulos e títulos de séries quando aplicáveis. Além disso, essas apresentações sendo aproximadas ou exatas para termos de pesquisa, ajudam e muito o algoritmo a entender do que se trata seu livro.

No Brasil poucos autores usam essa estratégia, mas o mercado americano costuma aplicar e você verá em diversas categorias livros que indicam e reforçam a mesma. Guilty: An Urban Fantasy Series, por exemplo.

Tenha cuidado, não encha seu título com tantas palavras-chaves que o deixem artificial ao extremo. Ou seja, se não fizer sentido para você, não use!

Descrição do livro 

Se por um lado as palavras-chaves apresentam um ponto favorável no seu desempenho na plataforma, a descrição não necessariamente é privilegiada pela mesma.

No entanto, não significa que sejam esquecidas ou ainda que há uma chance de um livro ser ignorado pela plataforma por usar palavras-chaves em sua descrição, mas resista ao impulso de usar neste espaço apenas por usar.

Por mais que deseje que sua página esteja otimizada para os algoritmos, entenda que sua descrição deve atrair novos leitores humanos a se tornarem possíveis compradores, e uma descrição bem formulada pode ter a sinopse ou informações mais amplas sobre o enredo do livro que convençam o usuário à leitura.

Os clientes que compraram também compraram …

Embora os pontos anteriores como palavras-chave, categorias e metatags sejam vitais na sua estratégia de marketing na Amazon, são os comportamentos dos nossos compradores que informam ao algoritmo onde seu livro melhor se encaixa.

A plataforma mantém registro de todos os livros que compramos e visitamos. Isso permite que estabeleçam um mapa de conexões entre os mesmos e os considerem como semelhantes em uma base que será mostrada para as pessoas – daí vêm o termo “Clientes que visualizaram este item também visualizaram” ou ainda “Clientes que compraram este item também compraram”.

Essa informação é utilizada para identificar outros livros que o usuário pode desejar comprar em seguida. Ou seja, se você percebe que os livros indicados pela Amazon estão próximos do gênero do seu livro, parabéns, você está tendo uma boa visualização perante os algoritmos.

Exemplos de algoritmos na prática

Agora que você entendeu os principais fatores que influenciam os algoritmos da Amazon, vamos olhar alguns exemplos individuais e o que podemos aprender com eles.

Entender cada um desses exemplos ajudará você a otimizar a visibilidade do seu livro em cada uma dessas áreas.

Listas dos mais vendidos 

exemplo amazon mais vendidos policial misterio suspense

O algoritmo dos Mais Vendidos é responsável por mostrar listas para toda a loja para cada gênero e categoria. Cada lista, é atualizada de hora em hora, mostrando os 100 livros Best Seller, ordenados e classificados por desempenho nas vendas.

— Quais dados o algoritmo está olhando?

O algoritmo analisa exclusivamente as vendas que geraram valor real, ou seja pagas, e o Kindle Unlimited ajuda para determinar a classificação dos livros. A venda de livros gratuitos não é levada em conta.

— Como você pode impulsionar seu livro?

A tática aqui é uma promoção de desconto (não uma oferta de livro grátis), que dará aquele crescimento nas vendas gradativamente. Não apenas as vendas, mas empréstimos também entram como um apoio para subir na lista.

Novos lançamentos mais vendidos 

Essas listas são essencialmente os mais vendidos para livros recentes de cada categoria.

— Quais dados o algoritmo analisa?

Quase como o Mais Vendidos, mas baseado nos fatores de vendas já ditos anteriormente com adicional de pré-encomenda ou lançados nos últimos 30 dias.

— Como você pode impulsionar seu livro?

O macete está em iniciar seus esforços em marketing bem antes de lançar seu livro, criando um “vem ai” e construindo um espaço no mercado como autor para que suas vendas de lançamento o empurrem para a lista mais rapidamente.

Ao disponibilizar seu livro em pré-venda, ainda tem chance de estar na lista antes da data do lançamento.

Listas de popularidade 

Esta lista exibe livros em qualquer categoria específica e a popularidade é particularmente interessante não por exposição na página, mas pela maneira como influencia outros pontos, como recomendações de e-mail e resultados da pesquisa.

— Quais dados o algoritmo analisa?

O algoritmo não leva em consideração os empréstimos do Kindle Unlimited. No entanto, analisa as vendas pagas e gratuitas, exibindo as famosos listas de livros por R$ 1,99. 

— Como você pode impulsionar seu livro?

As vendas gratuitas é onde você tem maior potencial para manipular sua posição na lista de popularidade. Embora tenham menor importância em relação às vendas pagas, é uma situação de quantidade em vez de qualidade que você pode aumentar significativamente sua classificação.

Como a lista é atualizada com menos regularidade, pode ser que os efeitos de sua oferta gratuita demorarem para aparecer. 

Procurar Resultados

exemplo amazon de busca marketing digital

A Amazon também funciona como um mecanismo de busca, assim como o Google. Portanto, quando um leitor chega ao site em busca de um novo livro, a Amazon fornece uma lista de resultados que correspondem à sua pesquisa.

— Quais dados o algoritmo analisa?

O algoritmo combina os livros com os termos de pesquisa e, em seguida, classifica por relevância para retornar os melhores resultados. Todavia, antes de se preocupar com a classificação, o algoritmo deve primeiro indexar os livros para uma palavra-chave.

Para indexar seu livro em uma palavra-chave, os principais fatores são os metadados que já falei anteriormente. Portanto, se seu livro está indexado para o termo exato ou aproximado, fica muito mais fácil que o algoritmo o retorno nas buscas.

Novamente então as palavras-chaves e os metadados serão úteis para classificar a pesquisa. Não somente, mas os resultados são afetados positivamente pela lista de popularidade e o desempenho das vendas do seu livro.

— O que você pode fazer para impulsionar seu livro?

Pense como o leitor pode procurar pelo seu livro na Amazon, você pode otimizar suas palavras-chaves e metatados para essas pesquisas, tirando o máximo de proveito de oferta gratuita que coopera para a classificação da lista de popularidade.

Listas de melhores classificados

As listas com as melhores classificações faz exatamente o que diz: mostra os livros com as melhores classificações para cada categoria.

— Quais dados o algoritmo analisa?

A lista é inteiramente determinada com base em avaliações. O algoritmo analisa o número de avaliações e pode privilegiar por comentários verificados ou marcados como ‘úteis’ por outros usuários. 

— O que você pode fazer para impulsionar seu livro?

Não há nada excepcional a não ser pedir constantemente, com educação, para seus leitores deixarem aquele carinho na plataforma, avaliando e comentando o que acharam do seu livro.

Recomendações de livros por e-mail

Algoritmos da Amazon - uma recomendação por e-mail da Amazon

O e-mail de recomendação é uma arma poderosa e constitui um nível de aperfeiçoamento grande dos algoritmos. Além disso, são enviados para clientes individuais com sugestões de livros que gostariam de comprar e que foram selecionados exclusivamente para eles.

— Que dados os algoritmos examinam?

As recomendações da Amazon se criam na suposição de que pessoas que compraram determinado livro, gostarão de conhecer outros semelhantes e que estejam vendendo bem.

Para chegar nesse resultado, o algoritmo se baseia no mapeamento entre os livros formados por todos os pontos que discutimos anteriormente. Se a Amazon perceber que um usuário comprou um livro que aparece na lista “os clientes também compraram” do seu livro, há uma chance de que o seu seja recomendado em um e-mail.

O algoritmo também considera o desempenho das vendas e conversões que, se ele recomendar seu livro a alguém, é que há uma boa chance de que o usuário queira comprá-lo.

— O que você pode fazer para impulsionar seu livro?

Pense estrategicamente, mantendo seus esforços de marketing em ações que realmente vão gerar frutos. Se você escreve fantasia, se relacione com autores do gênero e subgêneros, faça parceiras, a modinha das Collabs, com lives, participar de podcast, trocas de conteúdos e envio de livros para booktubers.

Esquece essa ideia que você precisa produzir memes por todo mundo estar fazendo, ou entrar em brincadeiras de dancinhas vergonhosas e além de interagir com públicos que estão longe de ser seu real leitor.

Você pode até vender para um público de faixa etária baixa, mas entenda que quem compra em alguns casos sãos irmãos mais velhos, pais, amigos, primos e etc. Seu público não precisa ser tão fechado.


Conquistar os algoritmos da Amazon pode parecer uma aventura. Mas ainda assim, após compreender o básico e aprender como funcionam, é fácil aproveitar as oportunidades do que está sob seu controle e otimizar suas páginas de livros em busca de resultados positivos.

Dê os passos certos, a Amazon te recompensará promovendo seu livro por você, quando isso acontecer, estará no caminho certo para alcançar seu verdadeiro potencial como autor independente!

Escritor. Especialista em Busca Orgânica & Marketing. Leitor apaixonado por fantasia e ficção científica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.